dicas_poupar_compra_portatil

Dicas para poupar na compra de um portátil

Posted by

Estás a pensar comprar um portátil novo? Não sabes bem o que comprar, nem tens bem a noção do valor que queres gastar? Pois bem, neste artigo vamos ajudar-te a colocar as ideias em ordem, e até mesmo a poupar na hora de comprar um novo portátil.

Existem algumas dicas que podes ter em consideração na hora de escolher o teu novo equipamento.

Definir o orçamento e o objetivo do uso

Existem vários portáteis dentre de diversos intervalos de preço. Para iniciar uma compra, precisas primeiro de tudo de ter um máximo que queres gastar. A partir deste ponto, podes começar a procurar pelo equipamento.

Esta definição é importante, pois permite-te já num primeiro passo, eliminar “ranges” de preços superiores ou inferiores aquele que pretendes gastar.

Podes definir intervalos de preços de 250€ ou 500€.

Como deves esperar, quanto mais baixo o valor, menos poderosa será a tua nova máquina.

Outro ponto importante, que irá provavelmente influenciar o teu orçamento, é qual o objetivo do novo portátil.

Se queres apenas para trabalho, e esse trabalho não requer requisitos muito fortes na tua máquina, então talvez um portátil abaixo dos 500€ sirva para o que planeias. Caso gostes de jogar e queiras uma máquina mais potente, podes começar a procurar acimas dois 500€ ou mesmo já perto dos 1000€.

Pontos a ter em atenção

Agora que já tens um orçamento e o objetivo de uso do teu novo portátil, começa a hora da pesquisa.

Neste aspecto, é importante ter em conta algumas caraterísticas da tua máquina.

Os pontos que considero mais importantes na hora de comprar um portátil, é ver qual é o seu processador, RAM e capacidade de armazenamento.

O processador é o “cérebro da operação”. Como o nome indica, é ele o responsável por processar toda a informação na tua máquina. É importante que seja um bom processador, especialmente se for com o objetivo de jogar. Alguns trabalhos, especialmente programação e animação, um bom processador é importante.

A RAM é um apoio importante ao processador. Não só isso, mas também onde fica guardada muita informação de programas que possas estar a utilizar durante a tua sessão. Muitos programas requerem uma boa quantidade de memória RAM. Avalia bem os programas que mais usas e a RAM que podem consumir.

O armazenamento é importante, especialmente num fator: se é ou não SSD! O SSD é muito mais benéfico em termos de velocidade do que o HDD. Apesar do SSD ser mais caro, é um benefício muito maior em relação ao HDD.
O SSD é por norma mais pequeno e tem menos capacidade.
Para combater a possível falta de espaço num SSD, pode sempre optar mais tarde por comprar um disco externo.

A autonomia pode ser algo a ter em conta, especialmente se trabalhas fora de casa por longos períodos, ou aproveitas as longas viagens para o mesmo efeito. Dá alguma atenção a autonomia da tua nova máquina.

Importante também para quem joga e trabalha com design, é certamente ter uma boa placa gráfica. Os jogos e programas de design gráfico estão a ficar cada vez mais pesados neste requisito. Se queres uma máquina que dure alguns anos nem precisar de upgrades, ou ser trocada, avalia bem a gráfica que vais comprar. Este é provavelmente um dos fatores que mais pesam no preço final.

Consultar várias lojas

Cada loja pode fazer um preço diferente para o mesmo modelo. Agora que estás numa fase de pesquisa, recolhe alguns modelos que fizeram sentido para ti.

O passo seguinte é avaliares de loja em loja, com os modelos que recolheste, qual será a que tem o melhor preço.

Depois disso, basta fazeres a tua compra e começares a usar a tua nova máquina.

Comprar recondicionado ou 2ª mão

Já falamos aqui no blog sobre os mitos dos equipamentos recondicionados, e como estes podem ser um beneficio. Estes equipamentos acabam normalmente em lojas, que os atualização, melhoram o seu hardware e voltam a colocar no mercado com preços bem mais acessíveis.

Se tens um orçamento mais limitado, esta opção pode ser viável.

Também a compra de equipamentos em segunda mão pode ser uma opção. Neste aspeto, é preciso ter mais atenção ao que se está a comprar. Diferente da primeira opção, esta não te dá garantia sobre o equipamento.

Aproveitar alturas especiais

Se a compra do teu portátil é um projeto a longo prazo, então aguarda!

Momentos como a Black Friday, pode ser um encontro com a oportunidade que tanto esperas. Não guardes a pesquisa para esta altura, mas mantêm debaixo de olho os equipamentos que selecionaste. Na altura de campanhas, procura pelos teus equipamentos, pode ser que tenhas uma agradável surpresa.

Comentários

comentarios