Crianças e Cibersegurança

Devemos ensinar cibersegurança nas escolas?

Posted by

Numa era cada vez mais informatizada, ataques através da internet são mais comuns. Existem diversas formas de ataque, e estas são cada vez mais sofisticadas.

A cibersegurança é um tema muito importante nos dias de hoje. Saber como nos mantermos seguros online, é uma mais valida e garantia para cada um de nós.

Eu já falei aqui no blog, de várias formas de nos mantermos seguros online. Se estás trabalhas remotamente, é ainda mais importante teres em consideração estas formas de segurança.

Os mais novos sabem-se proteger online?

Apenas 11% dos pais falam com os filhos sobre temas relacionados a crimes online. Alguns dos ataques mais comuns a menores, é por exemplo o assédio.

Por exemplo, cerca de 36% das empresas não acreditam que os seus funcionários conseguem detetar, ou mesmo prevenir um ataque informático.

As crianças passam diversos anos na escola, com pouco acesso ao estudo de TI. É verdade que ao longo dos últimos anos, esse número tem aumentado, mas será que as temáticas abordadas são suficientes?

Cerca de 52% dos adultos, sentem que não estão bem informados ou preparados para o risco do cibercrime. Estamos a falar que grande parte da geração que hoje trabalha e vive a época de ouro da internet. Poucos são aqueles que não tiveram contacto com um computador ou smartphone.
Contudo, estes números são preocupantes, especialmente quando falamos de crianças. Hoje em dia, as crianças conseguem ter uma facilidade de acesso a vários tipos de, conteúdo online. Mesmo com controlo parental, muitas crianças conseguem “fugir” aos olhos mais atentos, e assistir a conteúdos menos próprios.

Sendo que metade dos adultos inquiridos não se sentem confortáveis com esta questão, podemos concluir que as crianças, não tenham ferramentas para que consigam identificar tais questões.

Aulas de Tecnologia da Informação sobre segurança online

Certamente não é fácil explicar a uma criança conceitos como este.

De qualquer forma, apresentar às crianças formas de se proteger na prática, pode ser realmente vantajoso. É importante termos em consideração, que maioria das crianças que tem acesso a dispositivos com acesso a internet, usam os dos pais ou adultos próximos.
Esses dispositivos nos dias que correm, têm todos os tipos de informação, como dados pessoais do individuo, cartões de crédito, fotos, entre outros acessos importante.

Apresentar exercícios durante as aulas de TI, sobre como identificar uma ameaça, e a importância de alertar um adulto rapidamente, vai certamente ser vantajoso.

Várias empresas têm desenvolvido jogos, que atuam exatamente sobre este problema. Este não será certamente o melhor conteúdo para ensinar a crianças, e estes jogos podem ser uma porta de saída fácil.
Alguns deles são CyberScouts, Hackers ou Cybercrook criados pela Incibe, mas também a Google tem o seu próprio jogo, o Be Internet Awesome.

Comentários

comentarios