Como funciona um servidor web

Posted by

Estás neste momento a ler este artigo, o que faz com que estejas a aceder a um site, que está alojado num servidor web. Um servidor web, possibilita-nos exatamente este acesso.

O primeiro passo para perceber como funciona um servidor web, é saber exatamente o que ele é.

O que é um servidor web

Existem 3 pontos essenciais, para que um website funcione plenamente. O primeiro deles, é um domínio. No caso do deste site, o seu domínio é “coredesignz.com”. Por sua vez, o acesso que provavelmente estás a ter agora, é através do subdomínio “blog”. Isto faz com que acedas a esta página, através do “blog.coredesignz.com”.

Este domínio, está a apontar para uma hospedagem, ou servidor. É nesse servidor que consta toda esta informação. É aqui que ficam armazenados todos os ficheiros, desde imagens e ficheiro programáticos. Por sua vez, o servidor está contruído para ler esses ficheiros, e mostra-los aos utilizadores, no formato que estás a ver.

Como funciona um servidor web

Olhando para um contexto mais básico, podemos num servidor web, ficheiro de HTML, CSS, Javascript, entre outros. O servidor tem como por base, ler um ficheiro HTML. Podemos chama-lo de “esqueleto”, que irá montar toda a página. O CSS é a nossa folha de estilos, que vai ditar desde cores, animações (o Javascript também o pode fazer), entre outras coisas.

A este ponto, já temos o nosso servidor web, como os nossos ficheiros. Também já escolhemos o nosso domínio, que está a apontar para o nosso servidor web. Mas como é que o utilizador, acede à página?

Sempre que existe uma requisição HTTP (nome do protocolo) para aceder a uma página, por exemplo “coredesignz.com”. Dessa forma, sabendo que o domínio está a apontar para um determinado servidor web, este irá receber a requisição, e vai enviar a página pedida.

Um servidor web tem algumas obrigações. Uma delas, é o facto de o servidor web ter de estar sempre ligado e pronto para responder. Desta forma, a máquina tem de estar ligada a internet dia e noite. Outro ponto importante, é que deve ter sempre o mesmo IP, ou pelo menos, fornecer um IP fixo por cliente, para que este possa apontar o seu domínio.

Páginas estáticas e dinâmicas

Hoje em dia, é quase impossível encontrar um alojamento web, que forneça apenas um serviço para conteúdo estático. Praticamente todos os “hosts“, têm suporte tanto a colocar página estáticas, como uma página ou paginas de HTML simples. Por outro lado, temos as página que podem apresentar conteúdos dinâmicos. É aqui que o servidor web entra, para interpretar o conteúdo dinâmica, transformar o mesmo em HTML, e apresentar ao requisitante (utilizador).

A linguagem mais utilizada no contexto web, é o PHP, o qual já escrevi vários artigos aqui no blog. Como o PHP, podemos aceder a uma base de dados, recolher uma serie de informação, e depois transforma-la e usá-la. O ficheiro de PHP irá apresentar essa informação, o servidor web vai transformar a mesma em HTML, de forma a que o browser do utilizador requisitante, consiga apresentar visualmente aquilo que o programador da página quer.

Como escolher uma hospedagem

Recomendo que antes de tudo, se tenha uma ideia do projeto que temos em mãos. Existem casos como lojas online, por exemplo, que requerem um maior poder do servidor web. No caso do blog, não necessitamos de muito poder, pois é um projeto relativamente simples. O mais pesado no nosso caso, são as imagens. Por isso, uma hospedagem partilhada e básica pode ser o suficiente, desde que o espaço em disco seja o suficiente para a quantidade de imagens e base de dados a longo prazo.
Em casos de plataformas maiores, com mais processamento, é preciso ter o poder do servidor web em consideração.

Avalia o projeto que vais hospedar, ou projetos, e se o serviço de hospedagem tem aquilo que consideras o suficiente.

As regras base para uma escolha de uma hospedagem, é claramente a sua rapidez. Quanto mais rápido o site for apresentado ao utilizador, maior é a possibilidade de ele ficar. Se demorar vários segundo ou minutos, a apresentar a informação ao utilizador, é quase certo que ele não vai voltar.

Eu posso aconselhar os serviços da OVH, que te oferece uma serie de serviço, hospedagem em cloud, SSD e uma serie de outras vantagens.

Comentários

comentarios